DOE AGORA

Sua ajuda pode mudar vidas!

Bom Dia! Bem vindo ao site da sede Exército de Salvação no Brasil.

Corpos (Igrejas)

O Exército de Salvação foi fundado em 1865 por William e Catherine Booth, chamados por Deus para declarar guerra ao vício e ao pecado em dos bairros miseráveis da cidade de Londres. Rapidamente o movimento cresceu, organizou-se e hoje atua em 127 países, pregando a palavra de Deus em mais de 180 idiomas, aliando seu trabalho evangelístico a uma opção social intensa.

No Brasil, o Exército de Salvação chegou em 1922 e, desde então, tem atuado junto às comunidades através de suas sedes locais (sociais e eclesiásticas), sedes regionais e a sede administrativa nacional em São Paulo. Em suas diversas atividades, que incluem uma atuação militante das mulheres, visitação a presídios e hospitais, ensino bíblico para crianças, entre outros, ou mesmo através de suas publicações na revista mensal Rumo, que se destinam a ensinar proclamar e celebrar o Evangelho, o Exército de Salvação tem alistado seus pastores (chamados de oficiais) e membros (chamados de soldados ou sargentos) para anunciarem ao povo brasileiro esta mensagem de transformação e amor.

Seu ensinamento é alicerçado em base doutrinária claramente definida. "Cremos que o Senhor Jesus Cristo tem, por Seu sofrimento e Sua morte, feito expiação pelo mundo inteiro, para que todo aquele que quiser possa ser salvo". É um dos pontos fundamentais de sua declaração de fé.

Por isso o Exército de Salvação tem trabalhado incessantemente para aliviar o sofrimento humano, sempre motivado pelas Boas Novas da graça de Deus que salva o homem da degradação espiritual e social, sem discriminação. No seu incansável desejo de oferecer ao ser humano uma nova oportunidade de vida, os salvacionistas abraçam a causa de seu fundador:

"Enquanto mulheres chorarem... eu lutarei;
Enquanto crianças passarem fome... eu lutarei;
Enquanto homens passarem pelas prisões... eu lutarei;
Enquanto restar uma alma que esteja nas trevas, sem a luz de Deus, eu lutarei.
Eu lutarei até o fim!"

William Booth - Fundador

Web Analytics